Valorizando o papel da imprensa no fortalecimento da Educação Superior Brasileira

Detalhe

Lígia destaca projeto de educação nos presídios do Governo do Estado que foi tema de reportagem premiada em nível nacional

09/08/2017 | Por: Araruna Oline | 133

O projeto de educação nos presídios da Paraíba, desenvolvido pelo Governo do Estado desde 2011, foi tema da reportagem vencedora do prêmio ABMES de Jornalismo, categoria radiojornalismo regional. A premiação da Associação Brasileira Mantenedora de Ensino Superior aconteceu ontem em Brasília e teve o repórter Marcelo Andrade, da Rádio CBN João Pessoa, como grande vencedor, dentre 233 reportagens nacionais.

A vice-governadora da Paraíba Lígia Feliciano, destacou a reportagem produzida pelo jornalista, intitulada ‘Há luz no começo do Túnel’, que abordou a trajetória de detentos da Penitenciária Máxima Geraldo Beltrão, em Mangabeira, que alcançaram o primeiro lugar no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), através de um projeto de educação de ensino fundamental e médio nos presídios paraibanos, desenvolvido pelo Governo do Estado.

“É um orgulho grande ver um projeto tão importante como esse transformando vidas. Aliás, a educação tem esse poder. É o instrumento mais eficaz de transformação social, de qualificação e inserção no mercado de trabalho. Parabéns ao jornalista Marcelo Andrade por ter mostrado tão bem esse projeto e pela conquista do primeiro lugar”, disse Lígia Feliciano.

Atualmente 82 detentos da Penitenciária Máxima Geraldo Beltrão no estão matriculados nas aulas de educação. No último Enem, quatro detentos conseguiram o primeiro lugar no exame. Para cada 12 horas de frequência escolar, o detento tem o direito a reduzir um dia do tempo de privação de liberdade.