Valorizando o papel da imprensa no fortalecimento da Educação Superior Brasileira

Detalhe

#SérieDepoimentos | Educação deve ser pauta permanente

31/08/2017 | Por: ABMES | 150

“Fiquei sabendo do prêmio ao buscar na internet iniciativas nas quais a minha série de matérias sobre ensino superior se enquadrasse. Coloquei como meta profissional fazer grandes reportagens sobre boas notícias. Estipulei isso porque a maioria dos assuntos que trato é de notícias sobre crimes, fraudes, corrupção etc.

Pensei em fazer uma série de reportagens tratando sobre ensino superior, mas buscando novidades, pioneirismo, algo que realmente se destacasse no estado do Rio Grande do Sul e no país. E foi isso que fiz, com sugestões das próprias instituições de ensino. Já produzi outras reportagens sobre ensino superior, mas com temas ligados a fraudes.

Penso que matérias assim servem para que a sociedade conheça, por estarmos na grande mídia, algo muito bacana, interessante e importante que acaba ficando, muitas vezes, só ‘intramuros’.

A imprensa existe para fiscalizar, informar, ajudar, entre outros. No caso do ensino superior, penso que todo o veículo de comunicação deveria, obrigatoriamente, abordar o assunto, já que o Brasil está extremamente carente de educação.

Jornalismo é uma profissão pouco valorizada e reconhecida, apesar de sua enorme importância. Iniciativas, como a da ABMES, de premiar esses profissionais, estimulam ainda mais o que fazemos já com muita dedicação.”

Eduardo Matos é jornalista da Rádio Gaúcha, vencedor na categoria Rádio Nacional com a reportagem “Universi(novi)dades”.